Primeiro trimestre da gravidez: mudanças e incômodos

Primeiro trimestre da gravidez

Reprodução: Googles

No primeiro trimestre da gravidez é que o bebê se forma, ou seja da primeira à décima terceira semana. Logo após a fecundação, que fica pela segunda e terceira semana de gravides, a mulher pode sentir alguns tipos de incômodos, típicos da gravidez:

  • Sono;
  • Falta de disposição e cansaço físico;
  • Seio mais sensível de dolorido;
  • Variações de humor,
  • Vontade de urinar constantemente;
  • Cólicas,
  • Prisão de Ventre e náuseas.

O Cred Gestante separou algumas mudanças que acontecem com a mulher durante a gravidez

Primeiro trimestre da gravidez: alteração hormonal

As alterações na gravidez atuam também em nível neurológico. A Gravida pode viver sempre em um estado de sonolência, ou seja sempre com sono e querendo estar no conforto da cama ou no sofá. Esse estado pode não só durar no primeiro trimestre da gravides, mas durante toda a gestação.
Isso não é uma condição geral, vai de cada pessoa.

Primeiro trimestre da gravidez: olfato apurado

O sentido de olfato é apurado; é normal o grávida ficar enjoada com cheiros fortes e também em cheiros familiares. Isso pode acontecer com algum perfume que sempre usou ou alimento que sempre gostou.
Este sentido pode durar até a vigésima semana de gestação.

Primeiro trimestre da gravidez: paladar

O sentido e gosto podem ser alterados durante a gestação. É normal a gestante ter preferência por alguns alimentos que não lhe davam água na boca antes.
Ela pode sentir mais fome durante os nove meses, mas não se deve “comer por dois”, é importante manter uma alimentação saudável e balanceada. Assim, você pode ajudar seu corpo, que vai mudar com o aumento de peso ao longo da gravidez e também na formação do seu bebê.

O Cred Gestante no Primeiro trimestre da gravidez

O Cred Gestante atua no mercado há mais de duas décadas oferecendo serviços para a saúde da mãe e bebê nesse período de gestação. Com Dedicação, responsabilidade e carinho nesse momento lindo de nascimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *