Presença do pai na gestação ajuda no desenvolvimento do bebê

A descoberta da gravidez, os enjoos, o crescimento da barriga, os movimentos do bebê, e tantas outras sensações são vivenciadas com muita alegria pelas mamães. Mas a presença dos homens também é fundamental durante a gestação, pois ajuda a formar um vínculo com o filho mesmo com o bebê ainda dentro do útero, além de dar apoio psicológico às mulheres, que costumam ficar mais sensíveis nessa fase.

“É importante lembrar que a gravidez é do casal, e não apenas da mulher”, diz a ginecologista Paula Bortolai, especialista em reprodução humana da Criogênesis.

Segundo ela, a participação do pai na gravidez envolve, principalmente, os cuidados com a gestante. “Durante o pré-natal é importante a atenção e compreensão quanto às modificações estruturais e psicológicas da mulher, acompanhamento em consultas e exames, e compartilhamento de responsabilidades, para que ambos não fiquem sobrecarregados e possam aproveitar juntos estes momentos únicos”, afirma.

 

Relação pai e filho

Depois do nascimento do bebê, a presença paterna colabora para o desenvolvimento físico e psicológico da criança. O homem pode, inclusive, auxiliar diretamente nos cuidados básicos, como trocar fraldas, dar banho e levar para passear. “O homem não deve ter vergonha de conversar com especialistas, com amigos ou fazer pesquisas em revistas, livros. A aprendizagem vem com a prática, e as mamães também passam por isso”, ressalta.

Para os futuros papais, fica o conselho da especialista: “Comprometimento, apoio e muito amor são imprescindíveis para mãe e filho”.

Fonte: Vix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *